Skip to content

A Rússia em Roupas, pt. 1

novembro 17, 2010

A princípio eu pensei em não postar, já que poucas pessoas pareceram se interessar, mas reconsiderei pois o assunto é raramente explorado e este ano se comemora os 100 anos da criação dos Ballets Russes de Diaghilev (que ganhou uma exposição fantástica no Victoria&Albert Museum em Londres). Obviamente não postarei todo o trabalho, alguns trechos são bem dispensáveis, em especial os que diziam respeito à metodologia utilizada! Here we go

A roupa foi criada com o objetivo de proteger o homem das adversidades do ambiente em que o cercava. Com o tempo, entretanto, as vestimentas adquiriram outro importante papel: diferenciar as pessoas. Tal desejo de diferenciação decorre da necessidade que possui o ser humano de se individualizar e da vontade de reforçar a diversidade cultural e econômica dentro e fora de uma sociedade específica. Segundo Gertrud Lehnert, a moda “permet la naissance d’un paradoxe: on peut à la fois être tout à fait soi-même et unique, et manifester son appartenance à un groupe – quelle que soit as nature”.

A moda “convencional”, aquela que compramos nas lojas e vemos nas passarelas, é marcada pela efemeridade, ao contrário do que ocorre com os trajes regionais, que são indumentárias que representam o costume de um povo e possuem caráter constante. Buscando inspiração em terras distantes, muitos estilistas se utilizaram dos trajes folclóricos e suas cores típicas como base para a criação de coleções e figurinos. Influenciado pela estética oriental, Paul Poiret, grande criador francês, desenvolveu peças cheias de cor, brilho, bordados e fios de ouro, transformando o jeito de vestir das mulheres de seu tempo.

Em 1909, concomitantemente ao orientalismo de Poiret, a companhia dos Ballets Russos, comandada pelo célebre Serge de Diaghilev, apresenta Le Pavillon d’Armide e Cleópatra em Paris e alcança imenso sucesso. Após a forte impressão causada por estes espetáculos, o orientalismo tornou-se uma obsessão em toda Europa e dominou não apenas o teatro e a moda, mas também a pintura e a arquitetura.

Mais de 40 anos após seu desaparecimento, os Ballets Russos inspiraram Yves Saint Laurent em sua coleção de alta-costura de 1976, uma das mais celebradas de sua carreira. Olhando para as referências da antiga companhia de Diaghilev e para as roupas tradicionais da Rússia czarista, Saint Laurent criou saias longas cheias de brocados e cores, casacos com revestimento de peles, chapéus de pêlos e mantos estampados. Antes de falar das coleções que tiveram como núcleo a cultura russa, no entanto, é necessário conhecer os elementos tradicionais do “guarda-roupa” da antiga Rússia.

Figura 1. Trajes femininos criados por Nikolai Roerich para o espetáculo “A Sagração da Primavera”, subtitulado de “Imagens da Rússia pagã em duas partes”, de 1913 da companhia dos Ballets Russos. A inspiração das peças é tirada das roupas tradicionais dos camponeses russos. Disponível em: <http://www.vam.ac.uk/collections/theatre_performance/diaghilev-ballet-russes/exhibition/index.html>.

Amanhã eu posto a segunda parte!  =)

4 Comentários leave one →
  1. novembro 17, 2010 2:30 pm

    acho o máximo!

  2. novembro 18, 2010 3:09 pm

    Adorei, o meu sonho é fazer uma faculdade de moda e estudar esses assuntos e acontecimentos que retratam a história da moda! Aguardando a continuação.Bjuxx querida!
    http://garotavaidosa.blogspot.com

  3. novembro 20, 2010 4:23 pm

    oi Paradis

    lembra? meu blog era o paetes e babados-P&B, mudei pra outro também.

    Esse post sobre os trajes russos, é uma super inspiração pra mim, já que meu blog é voltado também para historia da moda. ainda tyambém estou meio timida ,com medo de não terem muito interesse nisso.
    valeu, adorando sua a pesquisa, realmente a Russia é país muito interessante.

  4. novembro 25, 2010 8:39 pm

    Nossa, é realmente interessante. Eu dificilmente saberia disso se não fosse pelo seu blog. não sabia que a Rússia, além de ter belas paisagens pudesse ser uma inspiração para criações como esta!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: